fbpx
Sign up with your email address to be the first to know about new products, VIP offers, blog features & more.

Todos os posts porRafa Cunha Dallmann

Chocolateria curitibana traz novo olhar sobre o mundo do chocolate

Se existe paixão mundial, no quesito gastronômico, essa com certeza é o chocolate. Difícil achar quem não goste. E se você pudesse vê-lo com outros olhos? Passando pela história, os aromas, os sabores, e os diferenciais desse alimento? A degustação orientada é uma viagem ao mundo dos chocolates, seu surgimento, seus diferenciais, nuances e combinações. Com 14 anos de experiência na produção de chocolates de alta qualidade, a chocolateria curitibana Cuore di Cacao, oferece aos amantes dos bons chocolates uma oportunidade única.

O serviço exclusivo, varia de acordo com a experiência desejada pelo cliente, desde uma aula formal sobre chocolates, até um simples bate-papo com troca de experiências e degustação de sabores. “Nosso objetivo é trazer não só conhecimento específico sobre o chocolate, mas uma experiência sensorial a quem participa da degustação. É um passeio por sabores, pra entender que chocolates não são todos iguais. Além de mostrar também um pouquinho da nossa produção e trabalho de criação”, explica Bibiana Schneider.

chocolate derretido

A degustação orientada normalmente tem duas etapas, a primeira com um bate-papo sobre como é feito o chocolate, curiosidades e para tirar dúvidas. E a segunda com a degustação de 8 a 10 chocolates para entender, na prática, todo esse processo e as diferenças entre os alimentos. Existe ainda a opção de uma terceira etapa, que é a de harmonização do chocolate com bebidas. E até de um coquetel, com comidinhas que tenham a ver com chocolate, esse em parceria com o Empório Rosmarino.

Podem ser feitas degustações voltadas para todos os públicos e os mais variados ambientes, como na própria Cuore di Cacao, para um grupo de amigos em casa, ou até para a equipe de uma empresa. A degustação é para grupos fechados, com no mínimo 10 participantes, sem um número máximo, variando de acordo com o evento. O valor é a partir de R$80 e varia de acordo com o formato e o número de pessoas desejado. “É uma experiência com o chocolate, que varia de acordo com a vontade do cliente, desde uma degustação mais simples e prática, até um grande evento”, completa a empresária.

Mais informações no site www.cuoredicacao.com.br ou telefone (41) 3014-4010. contato@cuoredicacao.com.br

COMPARTILHE

Chef Faixa Preta na Terça Gastro Night +55

Atleta profissional de jiu-jitsu – o primeiro faixa preta do Paraná – surfista amador e administrador por formação, Robson Caffaro deixou para trás a vida de executivo de multinacionais para seguir sua primeira vocação: a cozinha. Conhecido como chef Faixa Preta, Caffaro – proprietário do restaurante A Casa da Esquina – assina o menu da Terça Gastro Night +55, no jantar hoje (28 de novembro).

Formado Chef de Cozinha pelo Espaço Gourmet, Caffaro apresenta um menu especialmente criado para a ocasião. “Defino minha cozinha como intuitiva e criativa. Gosto de cozinhar com foco na cozinha mediterrânea, clássica européia e um pouco de fusion cuisine, onde se misturam temperos e sabores em busca de novas sensações”, explica o chef.

Entrada

Salada de queijo coalha gratinado, mix de folhas verdes e torrada sobre carpaccio de tangerina e beterraba em emulsão de mostarda, limão e mel.

Prato principal

Opção 01: Mousseline de três batatas com parmesão crostado e mignon ao molho de cogumelos.

Opção 02: Risoto de limão siciliano com tilápia na manteiga de alcaparras.

Sobremesa

Verrine de chocolate trufado com frutas vermelhas, creme patissière e crocante de baunilha.

O valor do menu completo com entrada + prato principal + sobremesa é de R$ 65 por pessoa. A Gastro Night é um projeto fixo que ocorre todas as terças-feiras no +55, sempre com um chef, restaurante ou convidado especial.

Terça Gastro Night +55 com Chef Faixa Preta – Robson Caffaro

Data: terça-feira, 28/11/2017

Horário: abertura da casa às 18h

Valor: R$ 65 por pessoa. Neste dia não é cobrada a entrada no +55.

Endereço: R. Vicente Machado, 866 – Batel

Informações: (41) 3322-0900 ou (41) 99247-3322 WhatsApp

www.cincocinco.com.br

COMPARTILHE

A Arte que inspira Arte, Linha Monã Acre

Sob o olhar sensível e atento da designer Mariah Rovery, uma das regiões de maior biodiversidade do mundo foi transformada em joias. Do contato com índios da Amazônia, mais precisamente no Acre, nasceu uma nova coleção. Dos teares e miçangas das mulheres das tribos Kaxinawa e Yawanawa, surgiram peças cheias de tradição. Unidas ao design contemporâneo da marca, são a prova de que essa forma de expressão cultural é um legado único e imortal.

Mariah Rovery

Designer de joias Mariah Rovery

Etnia localiza na fronteira Brasil/Peru, os Kaxinawá constituem a mais numerosa população indígena do Acre. Possuem uma vasta cultura material, que vai desde a tecelagem em algodão, com tingimento natural, até a cerâmica feita em argila com cinzas obtidas de animais, árvores e o reaproveitamento de cacos de outras cerâmicas. O artesanato se configura como uma das principais fontes de renda das famílias da tribo.

Na mesma região, Mariah também foi de encontro aos Yawanawá, comunidade indígena formada por povos (ou clãs) da família linguística Pano. Saias de palha de buriti, cocares de taboca desenhados, braceletes de palha, cerâmica, e cestaria. Tudo feito estritamente pelos mais velhos da tribo, e que se transformaram em ricos materiais para as joias.

Entre o brilho das pedras preciosas de diferentes tamanhos e a geometria única dos trabalhos manuais das tribos, é possível ir de encontro à exuberância e o espírito da região. Composta por brincos, colares, chockers e braceletes, a coleção ganha ainda mais vida com pedras como concreto, jaspe dálmata, fluorita, diamantes negros e o rubi: pedra assinatura da designer.

Com a nova coleção, a designer procura evidenciar através dos acessórios o seu anseio de eternizar toda atmosfera amazônica, assim como o eterno Monã.

https://www.mariahrovery.com.br/

 

 

COMPARTILHE

A Arte que inspira Arte, Linha Monã Acre

Sob o olhar sensível e atento da designer Mariah Rovery, uma das regiões de maior biodiversidade do mundo foi transformada em joias. Do contato com índios da Amazônia, mais precisamente no Acre, nasceu uma nova coleção. Dos teares e miçangas das mulheres das tribos Kaxinawa e Yawanawa, surgiram peças cheias de tradição. Unidas ao design contemporâneo da marca, são a prova de que essa forma de expressão cultural é um legado único e imortal.

Mariah Rovery

Designer de joias Mariah Rovery

Etnia localiza na fronteira Brasil/Peru, os Kaxinawá constituem a mais numerosa população indígena do Acre. Possuem uma vasta cultura material, que vai desde a tecelagem em algodão, com tingimento natural, até a cerâmica feita em argila com cinzas obtidas de animais, árvores e o reaproveitamento de cacos de outras cerâmicas. O artesanato se configura como uma das principais fontes de renda das famílias da tribo.

Na mesma região, Mariah também foi de encontro aos Yawanawá, comunidade indígena formada por povos (ou clãs) da família linguística Pano. Saias de palha de buriti, cocares de taboca desenhados, braceletes de palha, cerâmica, e cestaria. Tudo feito estritamente pelos mais velhos da tribo, e que se transformaram em ricos materiais para as joias.

Entre o brilho das pedras preciosas de diferentes tamanhos e a geometria única dos trabalhos manuais das tribos, é possível ir de encontro à exuberância e o espírito da região. Composta por brincos, colares, chockers e braceletes, a coleção ganha ainda mais vida com pedras como concreto, jaspe dálmata, fluorita, diamantes negros e o rubi: pedra assinatura da designer.

Com a nova coleção, a designer procura evidenciar através dos acessórios o seu anseio de eternizar toda atmosfera amazônica, assim como o eterno Monã.

https://www.mariahrovery.com.br/

 

 

COMPARTILHE

Montando looks na Riachuelo, editorial com as alunas de moda

Oi Chiques, nós fomos na Riachuelo fazer um editorial com as meninas que fazem faculdade de moda e ficou muito #chiquedebonito!!! Uma das alunas de moda é a Liz, que aliás já ajudou em muito projetos aqui no CDB!!

Foi uma delícia ajudar na produção dos looks e ver todas as novidades já com carinha de verão que tem na RCHLO!!! Espero que vocês gostem de acompanhar o nosso editorial!!!

Olha o resultado do nosso editorial!!!

verão 2018 riachuelo

Obrigada Riachuelo e M.A.C. Cosmetics pela parceria, nós adoramos!!!

COMPARTILHE