Sign up with your email address to be the first to know about new products, VIP offers, blog features & more.

Monges criam mandalas de areia para em seguida destruí-las

Share

Os budistas tibetanos se dedicando há muitos anos à criação de Mandalas de areia colorida.

Eu fiquei impressionada com os detalhes tão ricos e minuciosos, além de muito coloridos.

monges-mandala-areia-1

A criação de uma Mandala de areia exige planejamento, concentração e muita habilidade, e nós podemos aprender muito com ela.

A tradição tibetana de construção de mandalas de areia é praticada como um ensinamento.

Os monges podem levar até mesmo semanas para a criação de uma Mandala.

Primeiro eles elaboram um desenho de como essa Mandala deverá ser.

monges-mandala-areia-2Nelas são representados o universo, céu , terra, oceanos, relações interpessoais, mostrando como todos os acontecimentos são interligados e interdependentes.

Eles utilizam um instrumento chamado chak-pur. Ele parece um funil muito preciso com o qual é possível controlar a quantidade de areia que cai.monges-mandala-areia-3Assim que a Mandala, ou obra de arte, é terminada e santificada, inicia-se o processo de destruição.

Imagina destruir um trabalho que você dedicou horas em apenas alguns minutos. Parece loucura, mas na verdade é uma forma de demonstrar como a vida e inconstante e também mostrar o desapego em relação aos bens materiais.
monges-mandala-areia-4Depois que tudo termina a areia é jogada no mar simbolizando a paz e a cura sendo distribuída para todos.

Assista o vídeo para ver a delicadeza dessa arte budista:

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=GA3su0ECdPc[/youtube]

Simplesmente incrível, né?

Share this article

No Comments Yet.

What do you think?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *